Polinésia Francesa – Parte 2

Dando continuidade ao nosso post sobre a Polinésia Francesa, vamos falar de Bora Bora. E o que é aquele lugar? Tudo bem que já vimos várias fotos, vídeos e etc., mas quando você chega lá o lugar consegue te impressionar mais ainda. Se você achava a água de Moorea transparente, Bora Bora consegue surpreender ainda mais: tem aquele azul perfeito por toda a sua ilha, simplesmente incrível!

As paisagens já começam no voo (pegue do lado esquerdo; fique esperto pois não tem assento marcado!), o qual dura aproximadamente 40 minutos de Moorea. O aeroporto é rodeado por lindas águas cristalinas onde pegamos uma lancha para o hotel (ficamos no Intercontinental Thalasso, clique aqui para conferir a Parte 1 do post sobre Polinésia). No caminho pela lagoa você também pode observar os outros hotéis e ir admirando aquele paraíso.

Vista do avião (lado esquerdo)
Vista do avião (lado esquerdo)
Foto de dentro aeroporto das lanchas que vão aos hotéis
Foto de dentro aeroporto das lanchas que vão aos hotéis

Ao chegarmos no hotel fomos recepcionados com um welcome drink de frente para o Monte Otemanu e, após preencher as burocras de check-in, nos levaram para a praia onde já pedimos algumas coisas para beliscar e beber enquanto aguardávamos o quarto ficar pronto. Nada mal, né?

Welcome drink no check-in
Welcome drink no check-in

1) HOTEL

Conforme falamos no 1º post sobre o Tahiti, em Moorea não reservamos Bangalô Overwater pois deixamos esta parte para Bora Bora. Podemos afirmar que valeu cada centavo! Lá não conseguimos upgrade de quarto pois o resort estava lotado, mas a diferença entre qualquer quarto do hotel é unicamente a localização: o melhor fica na ponta do píer de frente para o Monte Otemanu, enquanto as outras duas categorias podem ter vista parcial do Monte ou vista para a lagoa. Aliás, neste hotel há aproximadamente 80 bangalôs, todos overwater – não há quartos no prédio do hotel.

Dentro do hotel
Dentro do hotel
SPA
Piscina com borda infinita
Piscina com borda infinita

Ao chegar no quarto você não sabe exatamente nem qual lado olha primeiro. O quarto tem mais de 100m2 e foi construído com o visual todo de frente para a água, ou seja, banheira, quarto, sala, tudo com vista para aquele azul perfeito. Tudo muito espaçoso e com todos os “amenities” que poderia esperar de um hotel excelente, além de o fato de ser overwater te permite pular na lagoa do quarto a qualquer momento! Ah, uma dica nossa é: compre boia inflável, pois assim você poderá ficar mais à vontade na água em frente ao seu bangalô (apesar de dar pé para uma pessoa de 1,50m ou até um pouco menos!).

Varanda do bangalô
Varanda do bangalô
Bangalôs e Monte Otemanu ao fundo
Bangalôs e Monte Otemanu ao fundo

2) ALIMENTAÇÃO

Assim como Moorea pegamos meia pensão (café da manhã e jantar) e valeu muito a pena. Os preços em Bora Bora são ainda mais caros. Para terem uma ideia, um café da manhã para o casal gira em torno de 90 dólares e o jantar passa de 200.

Há 3 restaurantes no resort, dois que estão dentro do pacote de meia pensão e outro que você paga um adicional de aprox. 35 dolares por pessoa, para quem tem a meia pensão. Novamente, fiquem atentos à programação do hotel, pois assim como em Moorea tem jantares diferentes, como por exemplo churrascos e buffet internacional (comida de diversos países) e atrações locais (ex.: danças). Tudo excelente! Churrascos tinham carnes muito boas além de camarões e peixes a vontade. Ah, e em Bora Bora em alguns jantares havia opção de open bar de vinho, com 3 (boas, na nossa opinião) seleções de tintos e 3 de brancos! Custava aprox. 20 doláres por pessoa, vale a pena se você bebe mais que 2-3 taças e/ou se quer experimentar diferentes vinhos. Lembrando que o jantar é das 18:30 às 21:30!

3) PASSEIOS

Quando você está lá a verdade que você não sente nem vontade de sair do hotel, de tão bom que é! Mas o fato é que recomendamos muito fazer os passeios também, pois você conhece muito mais da ilha e da cultura do povo local. Todos os nossos fizeram parte do pacote que fechamos com a agência Easy Tahiti, com exceção do Parasailing.

  • Parasailing: nos recomendaram e obviamente fomos ver! Nunca havíamos feito e para a Thay que é medrosa, este passeio ficou exatamente no limite que ela consegue suportar de medo! Então pensamos, olhamos para o visual que poderia ter e… bora! A Thay achou que ficaria com muito medo, mas foi uma experiência incrível admirar todas aquelas paisagens lá de cima. A água é muito transparente, conseguimos ver até uma tartaruga nadando na lagoa! O passeio que pegamos durou 25 minutos.
Parasailing!
Parasailing!
Parasailing novamente! Estão vendo a tartaruga nadando? Rs
Parasailing novamente! Estão vendo a tartaruga nadando? Rs
  • Passeio de barco, snorkeling e picnic: este é o passeio que falamos que fizemos similar em Moorea, pois ele também tem mergulho com tubarão e arraias, além do almoço em uma ilha. A diferença é que nesse você faz duas sessões adicionais de mergulhos (com snorkel), sensacionais! A vida marinha lá é muito diversa, deu até vontade de mergulhar com cilindro, mas precisaríamos fazer o curso e acabamos não fazendo. E em Bora Bora acabou sendo mais privativo, pois foram apenas 6 casais. No almoço eles fazem um churrasco na grelha, ensinam a cortar coco, dentre outras atrações locais. Ah, bebidas não alcoólicas e cerveja estão inclusos também!
Snorkeling no passeio de barco
Snorkeling no passeio de barco
Na lancha do passeio do picnic
Na lancha do passeio do picnic
Praia onde foi o picnic / churrasco!
Praia onde foi o picnic / churrasco!
Churrasqueiro e músico local (mandou até Michel Teló por livre e espontânea vontade!)
Churrasqueiro e músico local (mandou até Michel Teló por livre e espontânea vontade!)
  • Love Boat: calma, não é isso que vocês estão pensando! Quando ouvimos não sabíamos exatamente o que era, e no final foi um passeio de lancha durante o pôr do sol onde o piloto para em diversos pontos para tirar fotos do casal. Um pouco bobo, mas até que foi legal e no final rendem fotos bem bonitas rs!
Passeio Love Boat
Passeio Love Boat
Passeio Love Boat
Passeio Love Boat
  • Café da manhã de canoa: esse não é exatamente um passeio, mas no final é algo diferente: eles levam café da manhã para você em seu bangalô, de canoa. Muito bacana, eles arrumam a sua varanda e nada melhor que tomar o café da manhã curtindo essa experiência única em seu próprio bangalô.
Café da manhã chegando
Café da manhã chegando
Café montado no bangalô
Café montado no bangalô

Além desses tem diversos outros passeios que devem também ser incríveis! Por exemplo, jet-ski em torno da ilha, mergulho em diversos níveis, wakeboard, etc. Além do SUP e do caiaque que podem ser alugados gratuitamente no hotel a hora que quiser.

Stand-up Paddle -deitamos só para a foto :-)
Stand-up Paddle -deitamos só para a foto 🙂

É isso por agora! Podemos falar que foi inesquecível, valeu muito a pena (apesar dos preços salgados!) e recomendamos demais, especialmente como lua-de-mel!

Qualquer dúvida ou sugestão, por favor, comentem!

Abraços da Thay e do João!

Deixe uma resposta